..:: Tritões e Sereias ::..

Ir em baixo

..:: Tritões e Sereias ::..

Mensagem por The Storyteller em Sab Mar 17, 2012 7:05 am


As nereidas e tritões são produto de antigas experiências genéticas da civilização acadiana, que se difundiram pelos oceanos do planeta Kishar. No mundo de Atlântida, a população total de nereidas e tritões é de cerca de três milhões, 90% dos quais da raça pigméia e o restante dividido entre as raças boreal e tropical.

As raças boreal e tropical são nômades e vivem da pesca (geralmente com rede) e da coleta de algas em alto mar e são totalmente independentes da sociedade humana. Os boreais formam bandos selvagens de dezenas de membros, os tropicais tendem a formar grupos mais numerosos, de até centenas. Pouco interagem com humanos e raramente se aproximam do litoral, embora às vezes se congreguem perto de pequenas ilhas e atóis de coral em alto mar.

A raça pigméia, porém, prefere as águas relativamente rasas do litoral e das baías – às vezes também grandes rios e lagos –, constrói aldeias e vilas submarinas, domestica animais de carga e corte chamados kampos, pratica a piscicultura e o cultivo sistemático de algas e um comércio regular com os atlantes. Grande parte de suas comunidades reconhece a soberania do Atlas. São geralmente hostis a Agartha e seus vassalos, mas amigáveis para com os lemurianos e pigmeus.


Aparência e poderes

O Nereis tritonis, chamado tritão no masculino e nereida no feminino, é um híbrido de humano e peixe. O crânio oferece uma Proteção +2 para o cérebro e o couro uma proteção 0 para o corpo. Os ataques naturais, não treinados, provocam dano +1/+1 (socos, mordidas e golpes de cauda).

Podem ter ou não cabelo na cabeça (a calvície é comum nos machos), mas o resto do corpo é totalmente desprovido de pelos e, quando submersos, segrega uma fina camada oleosa verde-azulada que reduz significativamente o arrasto da água e permite uma maior velocidade.

Sua visão é mais aguçada que a dos humanos e vê bem dentro d’água quanto fora dela, depois de alguns segundos de adaptação (mais ou menos o mesmo tempo que levam humanos a passar da luz forte à escuridão e vice-versa). Os olhos possuem membranas nictitantes que os protegem da areia e dos detritos, córneas grandes e esféricas que lhes possibilitam ter visão nítida debaixo d’água, mesmo em águas escuras (possuem retinas refletoras, como os gatos). Fora d’água, o estreitamento da pupila compensa a miopia que seria de se esperar da anatomia de seus olhos, mas à custa da visão noturna, que em terra não é melhor que a dos humanos. Podem orientar-se na escuridão total do mar usando seu sentido de ecolocação.

Possuem guelras e normalmente respiram água, mas, como os chamados peixes pulmonados, também possuem pulmões que lhes permitem sobreviver indefinidamente fora d’água, se necessário. Neste caso, porém, arrastam-se penosamente – ou seja, podem, no máximo, mover-se à velocidade com que um humano conseguiria nadar.

Na água, porém, são tão ágeis e velozes quanto golfinhos, com a vantagem de não precisarem subir à superfície para respirar e são capazes de chegar a milhares de metros de profundidade, se necessário. São aplicáveis as regras opcionais para Corrida (regras alternativas para cansaço).

No cálculo de habilidades atléticas, têm n’água mesmos bônus que os humanos normais têm em terra e vice-versa (assim, possuem bônus 4 em nado veloz e salto (n’água), mas aprendem a se arrastar em terra com as mesmas limitações que têm os humanos para nadar, exceto que não correm o risco de se afogar). Têm o equivalente a dois terços do peso de um humanóide com altura equivalente a seu comprimento e a mesma compleição física.

Cabelos e olhos têm a mesma variedade de cores que os dos humanos, a pele pode ser pálida, morena ou parda (raramente negra) e as escamas da cauda podem ter vários padrões de cores, que variam do negro ao prateado.

Possuem os pontos de Água, que determinam quanto tempo podem ficar fora da água, sem contato com a mesma. Para repor esses pontos é necessário que ele fique na água pelo exato número de horas que deseja repor. Sempre que utiliza seus poderes num ambiente totalmente seco consome um ponto de Água.
avatar
The Storyteller

Mensagens : 706
Data de inscrição : 16/03/2012

Ver perfil do usuário http://vampireknighttale.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum